Alessandro Barico

Escritor | Itália

Nascido em 1958 na cidade de Turim, Alessandro Baricco é escritor, ensaísta, crítico musical, apresentador televisivo e realizador de cinema. O exórdio como escritor remonta a 1991, ano em que publicou o romance Castelli di Rabbia, logo seguido de Oceano Mare. 2002, dá à estampa Next, um ensaio sobre a globalização, regressando à especulação ensaística com I Barbari, publicando entre maio e outubro de 2006 no jornal La Repubblica e, posteriormente, em livro. Estreou-se como realizador de cinema com Lezione 21, produção cujo argumento, escrito por Baricco, desbrava os mistérios da Nona Sinfonia de Beethoven. Para Lezione 21, o autor recuperou a figura do professor universitário Mondrian Kilroy, personagem do seu romance City (1999). Autor do bestseller internacional Seta (1996), o currículo de Barrico ostenta o Prix Médicis Étranger em 1995 e o Prémio Viareggio. Em 2012, Tre volte all’alba ascendeu aos escaparates e logo justificou a atribuição do Prémio Cesare Pavese para narrativa. Inalienável do património literário da Itália contemporânea, a Scuola Holden, fundada por Baricco em 1994, ministra cursos de escrita narrativa. Entre os seus trabalhos mais recentes avulta Mr Gwyn (2013) e Smit & Wesson (2014)